segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Quem é o potiguar que criou o Dia da Bandeira?


Manoel Tavares da Costa Miranda nasceu no dia de natal, do ano de 1873, na cidade de Canguaretama, onde seu pai era Juiz de Direito. Amigo de Benjamin Constant, alistou-se no Batalhão Acadêmico e recebeu do Presidente da República, Floriano Peixoto, a promoção para Alferes Honorário, título que, modestamente, rejeitou. Por sua vocação patriótica, idealismo e prestígio, criou o Dia da Bandeira para os brasileiros, cuja celebração deu-se pela primeira vez em 19 de novembro de 1908. No final de sua vida pública dedicava suas últimas homenagens à Canguaretama, citando-a como o verdadeiro berço natal, que só viu quando criança. Quando faleceu, em 22 de dezembro de 1935, foi sepultado no Cemitério de São João Batista, no Rio de Janeiro. Em seu túmulo colocaram uma lápide com o seguinte texto: Republicano histórico, defensor extremo da República. Soldado de Floriano Peixoto. Criador da Festa da Bandeira. Caráter ilibado. Intransigente no cumprimento do dever. De honestidade modelar. Gastou a vida no serviço da Pátria e da Família. Homenagem de seus amigos





Nenhum comentário:

Postar um comentário