terça-feira, 24 de setembro de 2013

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Comitiva da Marinha avalia os sinos da igreja matriz de Nossa Senhora do Ó

Os sinos da igreja matriz de Nossa Senhora do Ó foram analisados por uma comitiva da Marinha do Brasil. A visita aconteceu na manhã desta terça-feira, dia 3, e foi recebida pelo Pe. Ajosenildo Nunes, pároco de Nísia Floresta. Além dos marinheiros, o grupo contou com a presença do Pe. João Batista Nunes de Souza, capelão da Marinha, e do Pe. João Batista Chaves da Rocha, pároco de Nossa Senhora da Conceição - Nova Parnamirim e capelão da Polícia Militar.


Foto: Josiane Braz
Após uma análise, o grupo concluiu que os três sinos, Emanuel, Joaquim e Maria, não podem mais ser restaurados. Qualquer medida tomada para a melhoria deles teria um curto prazo de validade devido o material usado está bastante desgastado. Anteriormente eles já haviam sidos reparados pela própria Marinha e voltaram a apresentar os mesmos problemas. Os objetos tem mais de 130 anos de história.

Com a negativa da possibilidade de restauração, os sinos deverão ser limpos e ficar na própria matriz, para serem usados como peças em exposições e serviram como relíquias da rica história da paróquia que acaba de celebrar 180 anos de evangelização. Ainda pensou-se em derrete-los para que fossem feitos novamente, mas dessa forma se perderia todo o lado histórico das peças, que foram construídas em Pernambuco, no ano de 1881, segundo inscrições encontradas nos mesmos.


O próximo passo que deve ser tomado, é marcar-se uma audiência com o comandante da Marinha em Natal, para que seja visto a possibilidade de terem um contato com superior da instituição à nível nacional, almejando uma doação de novos sinos para a igreja matriz de Nísia Floresta.

Foto: Josiane Braz
FONTE: http://paroquianisia.blogspot.com.br/2013/09/comitiva-da-marinha-avalia-os-sinos-da.html