sábado, 13 de outubro de 2012

A História da Televisão no RN

Década de 1960

A televisão aberta local demorou muito a chegar no Rio Grande do Norte. Nos anos 60, apenas se via retransmissoras das emissoras pernambucanas como a TV Rádio Clube de Pernambuco (que era a TV Tupi) e a TV Jornal do Commercio (que era independente).

Década de 1970

Televisão potiguar.svgEm dezembro de 1972, entra no ar a primeira emissora local a TV Universitária (Canal 5), emissora educativa. No entanto, a carência de uma TV comercial era grande e Natal ganha oficialmente em 1977 a retransmissora da TV Globo de Recife. Mossoró recebia a TV Tupi de Recife e a TV Verdes Mares de Fortaleza (afiliada a Globo). Os Diários Associados ganham uma concessão de TV, que deveria ter entrado no ar em 1978, mas não aconteceu a instalação da emissora. Com o fim da Tupi em 1980, Natal e região ficava só com dois canais de TVs: A Universitária e a retransmissora da Globo de Recife.

Década de 1980

Em 1985, em Natal voltou ao ar a retransmissora da TV Jornal, afiliada à Bandeirantes, no canal 8 e a TV Manchete Recife, no canal 11. Em março de 1987, é inaugurada a primeira TV comercial da cidade, a TV Ponta Negra, afiliada ao SBT no canal 13. Neste mesmo período, a TV Jornal do Comércio também se afilia ao SBT e o canal 8 de Natal passou a repetir o sinal via satélite da Bandeirantes.No mesmo ano, entram no ar pelo canal 3 a TV Cabugi (afiliada à Globo) e a TV Tropical (afiliada à Rede Manchete no canal 8. Com isto, as retransmissoras da Globo Recife (canal 13), Manchete (11) e Bandeirantes (8) saem do ar. O canal da TV Verdes Mares em Mossoró também é desativado e passa a retransmisitr a TV Cabugi. A TV Cabugi observa que o canal 11 está vago e pede para trocar de canal, sendo autorizado pelo Ministério das Comunicações. Em 1990, a TV Potengi entra no ar ocupando o canal 3, trazendo novamente o sinal da Bandeirantes, que ficara ausente, à capital.

Décadas de 1990 e 2000

Em 1998, devido a crise da Rede Manchete, a TV Tropical passa a transmistir a Rede Record, que permanece até hoje. Em 2006, entra no ar o canal 17 trazendo a imagem da RedeTV! depois de passar um tempo arrendada e transmistindo a TV União. Atualmente a emissora tem o nome de SIMTV. No mesmo ano, a TV Cabugi é vendida ao grupo InterTV, que continua com a Rede Globo.
Em 2007, a TV Potengi é vendida para o Grupo Bandeirantes e em 2008 passa a se chamar TV Bandeirantes Natal. Em 2007 entra no ar a primeira emissora local de Mossoró, a TV Mossoró, canal 7 afiliada a Rede Gênesis. O município recebe imagens das grandes redes do Brasil através das retransmissoras das emissoras de Natal. Em 2012 a TV Mossoró passa a ser afiliada da TV Cultura. Em 2008 Natal recebe a TV Assembléia RN em Canal aberto, através do canal 30, ficou no ar até abril de 2010 quando o canal passou a ser digital e foi dado a tv Bandeirantes. Em agosto de 2010 a emissora voltava em sinal aberto para Natal através do canal 50 ainda continua no ar mas deverá entregá-lo a seu legítimo proprietário. Além destes canais, Natal ainda recebe os sinais da MTV (Canal 25), RIT (Canal 22), Boas Novas (ex-RBN, Canal 27), TV Assembléia (Canal 50), Rede Vida (Canal 38), Canção Nova (Canal 46), TV Senado (Canal 52).Record News (Canal 19) a CNT (Canal 43) a Rede Genesis (Canal 41), e a TV Igreja Mundial (Canal 29) todos estes canais como retransmissoras. Natal deverá ganhar em breve o canal 57 ainda a ser definido pelo Ministério das Comunicações se será a TV Assembléia ou a TV União Natal que vem pleiteando este canal já há algum tempo.
A TV Assembléia perde o canal 30 em virtude de ter sido dado a TV Bandeirantes digital foi para o canal 50,mas perderá esta canal aberto que foi dado para a TV Câmara (Federal). Existe um acordo para que o canal gere a imagem das duas emissoras até a tv Assembléia conseguir, oficialmente um canal aberto para Natal. A portaria 09/2011 do Ministério das Comunicações abriu licitação para o canal 14 educativo digital para Natal.


FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Televis%C3%A3o_no_Rio_Grande_do_Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário