sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Famílias de Canguaretama: A ORIGEM DA FAMÍLIA SILVA

Silva é um sobrenome português de origem latina, classificado como sendo um toponimico, por ter origem geografica, em latim a palavra " Silva " significa " Selva ou floresta " - É uma das familias mais ilustres da Espanha ,ligada aos reis de Leão, tem o seu solar na Torre de Silva, junto ao rio Minho. Procedem de D. Payo Guterre o da Silva, que foi adiantado de Portugal em tempo de el-rei D. Afonso I e representada em Portugal por D. Guterre Alderete da Silva, neto do ilustre D. Guterres Pais, governador de Maia. O ramo mais nobre da família tem origem na Espanha, no período de dominação romana.

Sua origem é claramente toponímica, sendo derivado diretamente da palavra latina silva que significa selva, floresta ou bosque, e tem a sua origem na Torre e Honra de Silva junto a Valença. De fato, em Portugal, Galiza, Leão e Astúrias, existem diversas localidades cujos nomes compõem-se por "Silva". É possível, porém, verificar que a popularidade deste apelido remonta ao século XVII em Portugal e também no Brasil. A primeira linhagem que adotou o nome Silva como apelido tem uma origem muito antiga e provém do príncipe dos Godos D. Alderedo, cujo filho, D. Guterre Alderete de Silva se casou com uma descendente da nobreza da Casa Real de Aragão e é anterior à fundação da nacionalidade portuguesa, final do século X. 
BRASÃO DA FAMÍLIA SILVA
FONTE - brasaodefamilia.blogspot.com
Acredita-se que tenha se tornado o sobrenome mais difundido no Brasil por um série de fatores, como a adoção por escravos e crianças filhas de pais incógnitos. Também foi largamente adotado por pessoas que chegadas ao Brasil queriam começar uma nova vida sem vínculos com o passado na Europa, se aproveitando do relativo anonimato que o sobrenome proporcionava e ainda proporciona. Apesar da grande difusão na população lusófona em geral, Silva também é o nome de importantes famílias nobres, que normalmente o portavam juntamente a outro apelido. Também é encontrado na Espanha (com origens mais remotas do Reino de Leão) e na Itália, onde é mais comum na região da Emília e da Lombardia. 
BRASÃO DA FAMÍLIA SILVA
FONTE - arvore.net.br
É bem provável que o conjunto de nome e apelido mais comum no Brasil seja João da Silva, podendo-se comparar a John Smith em países de língua inglesa, Juan García nos de língua espanhola, Hans Schmidt nos de língua alemã ou a Giovanni Rossi nos de língua italiana. A origem do sobrenome é controversa, mas tudo indica que tenha surgido no Império Romano para denominar os habitantes de regiões de matas ou florestas . Muitos desses habitantes se refugiaram no império justamente na península Ibérica (hoje Portugal e Espanha). Muitos portugueses que vinham para o Brasil, em geral degredados, em busca de vida nova, adotavam o "Silva" para se beneficiar do anonimato que o sobrenome comum oferecia. O sobrenome ganhou especial popularidade no Brasil com a chegada dos escravos. Ao desembarcar dos navios vindos da África, os negros eram "batizados" por padres católicos e ganhavam um nome cristão em português. O sobrenome vinha depois e geralmente era o mesmo do dono do escravo. Na época, muitos proprietários de terra eram "Silva", um sobrenome comum em Portugal. 
BRASÃO DA FAMÍLIA SILVA
FONTE - zazzle.pt
Um dos primeiros "Silva" a fixar raízes no Brasil foi o alfaiate Pedro da Silva, em 1612, cujos ancestrais eram da Família Clemente de Souza e de Roza da Silva, nascida em 1815, em Bonitos, freguesia do Soure em Portugal. A Família Silva de Soure é uma família nobre e foi citada no livro Corografia Portugueza, Tomo III, Capitulo III, escrito em 1716. É o registro mais antigo existente em São Paulo, da família de Pedro da Silva, alfaiate que veio de Portugal, casou-se com Luzia Sardinha, foi desembargador e ministro do Supremo Tribunal de Justiça. Entre os primeiros Silva há também degredados, como Domingas da Silva, de Évora, acusada de bruxaria e pacto com o demônio. Silva como apelido é possivelmente o mais difundido no mundo, como sobrenome ´e legítimo somente nos países de Língua Portuguesa.No Brasil, em todos os estados em que havia a escravidão negra há pessoas com esse sobrenome Silva, seja por sugestão de religiosos de missões seja por escolha dos próprios mestiços e muitos deles descendentes de Pedro da Silva ou de Roza da Silva, sendo que a maioria dos Silva do Brasil estão no norte e nos nove estados do nordeste. Em Pernambuco, os Silva estão associados às famílias Rodrigues, Sá, Carvalho, Leite, Pires, Ferreira, Nogueira, Ferraz, Araújo, Costa, Alencar e Pereira. No município de Parnamirim, a família Silva corresponde aos mestiços das três etnias principais de formação do sertão: europeus de origem moura e cristãos novos que adquiriram terras no Brasil (português, espanhol, holandês, francês, inglês) africanos (negros que os europeus trouxeram para o trabalho da lavoura e de construções) e índios ( população primitiva de origem asiática que já haviam se apossado do continente sul-americano antes da colonização.


COPIADO DE http://franciscoguiacm.blogspot.com.br/2012/03/origem-da-familia-silva.html
FONTE DO TEXTO -  www.webartigos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário